Mês 7: Esse bebê não vira?

No 7° mês eu poderia escrever “idem 6° mês”.

Se não fosse o desespero de não ter nada pronto, e do Benjamin ainda não ter virado (o que para mim era fundamental já que eu queria parto normal e confesso, estava desesperada com ele sentado). Além do que, haviam me alertado que o bebê poderia nascer a qualquer momento.

Que beleza! Estava bom, só que nem tanto!

Porém, posso dizer que meu ego super elevado ainda dava as caras por aqui! Estava me sentindo linda, disposta e viajada. Já que eu e o Diogo aproveitamos esse boom de disposição para fazer de tudo (que nos convém, sempre).

LRM_EXPORT_117116370607271_20191018_014030011

Todavia, nesse estágio eu comecei a reparar que na questão de organização eu estava bem relaxada.

Logo eu a louca da arrumação! O quartinho do Benjamin estava montado, mas faltavam os detalhes.

A minha mala da maternidade e a dele nem sinal.  As roupinhas ainda não haviam encontrado seus lugares nas gavetas.

E o famosos chá de fraldas então. Nem passou perto!

Até aqui fui uma grávida muito tranquila. Sem desejos mirabolantes, sem complicações (graças a Deus) e com o psicológico controlado na medida do possível.

No entanto, ver que ainda faltavam muitas coisas para organizar e eu ainda não havia me movido, deu um aperto no coração.

Aí meu lado “dona da rotina e organização” entrou em campo. Aos poucos fui deixando tudo organizado.

Quadros na parede, roupas lavadas e guardadas, mala da maternidade quase 100% e documentos separados em caso de alguma urgência.

Menos o chá de fraldas, que nessa altura do campeonato eu já havia desistido. Apesar de saber que ele é bem importante, tendo em vista que um bebê usa fraldas incontáveis e que eu  estava bem disposta, enrolei tanto que deixei pra lá.

Ah! Nesse mês eu agendei o curso de gestante, mas por pura preguiça e por achar que o doctor google salvaria minha vida e minhas dúvidas eu não fui.

Tá aí grávidas são bem geniosas, se encasqueta com alguma coisa, pra tirar da cabeça vai uma bela dose de conversa.

A verdade é que o 7° mês passou mais rápido que o normal.

E eu não fiz o chá e o curso. Por outro lado, as coisas já estão minimamente organizadas. (cara de satisfação).

Logo eu teria o Benjamin no colo. Mas nem gostava de pensar muito nisso porque ai o desespero batia e eu não queria desligar a chavinha de grávida zen.

Aí ai saudades desse tempo que a barriga pesava menos que a cabeça (que pensava em mil coisas ao mesmo tempo).

E você já chegou nesse estágio da gravidez? Conhece alguma mamãe que está prestes a embarcar na reta final?

Então corre para compartilhar esse texto com ela e com outras amigas por aí!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s