Minha vida numa mala de 23kg

Conversei muitas vezes com algumas amigas sobre como seria colocar em uma mala roupas, sapatos e outras coisitchas para viver não sei quanto tempo fora do país.

E até, de fato, organizar a mala eu ainda não conseguia visualizar como faria isso. Mas eu consegui!

Então vamos lá, é desapego que vocês querem? Só continuar lendo esse post.

No entanto, adianto que não foi tão fácil quanto parece. Como disse no post Mudamos de país, passamos um bom tempo planejando mudar de país e desde o início estou trabalhando meu psicológico para abrir mão de várias coisas.

Se eu não quero pagar excesso de bagagem, preciso me conter e fazer caber tudo em uma mala de 23kg (peso autorizado para voos internacionais) e algumas coisinhas na mochila. E só!

Ah! Antes que perguntem, na classe econômica é possível despachar duas malas de 23kg, mas optamos por levar a palavra “econômico” bem ao pé da letra e é uma para cada e não se fala mais nisso.

Mas voltando ao que interessa, antes do primeiro grande limpa do guarda-roupa (parte mais difícil para mim e para boa parte das mulheres), comecei a pesquisar sobre o minimalismo e cai no documentário da Netflix, Minimalism: A Documentary About the Important Things, que conta a história de dois caras que viajam pelo mundo levando o conceito de minimalismo, o famoso “menos é mais”.

 

maxresdefault

Acredite! Todo mundo precisa assistir esse doc, é rapidinho e você desliga a TV com outra visão. Ao menos foi isso que aconteceu comigo.

Em resumo, o documentário mostra a importância de realmente dar valor aquilo que adquirimos e a entender se elas são realmente úteis. Passamos a entender a função de cada peça e automaticamente passamos a dar mais valor aquilo que compramos.

Eu totalmente influenciável já queria jogar tudo fora e ficar apenas com duas calças jeans e algumas camisas brancas e pretas. Mas me segurei.

Obs. Nota-se um certo perigo também. Sugiro que assista e espere alguns dias antes de fazer o limpa.

Depois do documentário comecei a pesquisar sobre o armário cápsula, que para quem não conhece é um conceito antigo, onde as pessoas (principalmente mulheres) optavam por peças básicas e atemporais que ao combinar com acessórios, sapatos e outras roupas deixam a pessoa bem vestida.

Parece loucura, mas é maravilhoso!

A partir dessa visão, foi mais fácil abrir mão de algumas coisas. Aos poucos fui limpando cada cantinho da casa, coloquei algumas coisas a venda e doei outras. E confesso que não sabia que tinha tanta coisa assim.

No fim o meu guarda-roupa (que era o mais complexo) reduziu em praticamente 70%. E fiquei feliz com o resultado: espaço mais amplo, arejado, organizado e com poucas opções de roupas e sapatos, o que me fez gastar bem menos tempo escolhendo com que roupa sair e encontrar algumas coisas bem legais no lado do Diogo.

Depois disso, ainda selecionei as opções que mais usava e que combinavam entre si para colocar na mala. Também escolhi algumas coisinhas que são parte da decoração da casa para levar.

Essa segunda opção julgo importante para quem irá passar uma longa temporada fora. Acordar e ver algo familiar no seu novo cantinho trás ótimos sentimentos.

Mas sabe o que foi a melhor coisa nesse desapego todo?

  • Aprendi a combinar as roupas que tenho
  • Percebi que o guarda-roupa do marido é mais interessante do que parece
  • Realmente, não precisamos de muito para viver
  • Vale a pena comprar uma peça um pouco mais cara e durável do que várias sem qualidade
  • Hoje cuido muito melhor daquilo que conquistei

E você vai mudar de país? Cidade, casa ou quarto? Deixa nos comentários como tem sido esse processo de mudança e como você fez para escolher o que levar.

Agora se quer aprender a viajar barato, dá uma olhada nesse post: viajar barato é mais fácil do que parece.

2 comentários em “Minha vida numa mala de 23kg

  1. Realmente só vemos a quantidade de coisas que temos quando vamos nos mudar e confesso que estou ficando assustada, rs.. vou assistir esse documentário. Ótimo post Pam ❤️

    Curtir

Deixe uma resposta para blocodenotasbr Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s