O Podcast vai dominar o mundo. Você também acha?

Você é daquele tipo de pessoa que quando gosta de alguma coisa respira apenas aquilo?

Faz cursos, lê livros, reportagens, artigos e assiste documentários tudo relacionado ao tema queridinho do momento? Eu sou.

No entanto, que fique bem claro que não tem nada de errado em querer se especializar em algo que você tenha afinidade.

Mas, sabe quando você fica tão focado em uma coisa que acaba ficando desinformado sobre os milhões de assuntos que nos cercam? Isso acontece comigo direto, porém estou me esforçando (e gostando) para ampliar minha visão e dar chance às novidades. E por incrível que pareça tentando consumir a infinidade de conteúdos com um pouco de equilíbrio.

Antes de conhecer o Diogo (meu marido) nunca compreendi muito bem o universo “nerd”, mas aos poucos ele foi me seduzindo e jogando na minha cara milhões de informações entre vídeos no YouTube, sites, filmes, livros e camisetas. Mas, dentre todas elas o que mais me chamou atenção foi o Podcast.

Confesso que por um tempo fiquei pensando em como conseguir perder tanta coisa boa que esse espaço oferece. Mas o tempo está ai para corrermos atrás do prejuízo e foi exatamente o que eu fiz.

Antes de continuar apresentando a minha experiência com o universo dos Podcasts, preciso dizer que precisamos abrir nossos olhos e compreender que a internet não é feita apenas de vídeos e textos. E o Podcast está aí para provar isso, trata-se de uma mídia de transmissão de informações, quase sempre, voltados para temas específicos, produzidos por pessoas que desejam entregar aos seus ouvintes conteúdo de qualidade.

Mais especificamente falando:  “Podcast é uma mídia de transmissão de informações. É como um programa de rádio, porém sua diferença e vantagem primordial é o conteúdo sob demanda. Você pode ouvir o que quiser, quando quiser. Para isso basta acessar e clicar no play ou baixar o episódio” (Fonte: Mundo Podcast).

E a melhor parte é que por se tratar de uma ferramenta em áudio facilita muito o acesso. Dá para ouvir durante uma viagem, organizando a casa, no salão de beleza, praticando atividade física, estudando ou fazendo qualquer outra coisa. Vale a criatividade.

Mas você deve estar se perguntando onde mesmo eu quero chegar?

Vamos lá! Desde que o Diogo me apresentou o Podcast pude me aventurar por inúmeros assuntos tratados de forma leve, descontraída e muito consciente que vem acrescentando  tanto a minha vida profissional quanto pessoal.

E quando eu digo que vicio em algo, dessa vez foi diferente. O primeiro Podcast que ouvi foi o NerdCast, depois dele fui descobrindo cada vez mais e navegando da história do Brasil, passando por gastronomia, educação financeira e celebridades (me julguem).

E isso não é tudo. Para você também sentir esse gostinho de quero mais, selecionei 5 Podcasts que roubaram meu coração para partilhar com você. Tudo isso correndo o risco de ter deixado bons assuntos para uma próxima oportunidade.

Sem problemas. Depois de ler esse texto até o fim e conferir a minha lista, deixa nos comentários a sua sugestão de Podcast para uma futura seleção.

TOP FIVE

  1. Nerdcast 

Para aprender história, ciências, curiosidades ou dar muita risada com “Viajar é se f*der”, o Nerdcast foi o primeiro que Podcast que tive acesso e sempre tem um conteúdo massa para ouvir.

  1. O nome disso é mundo

Para quem gosta de viajar sem sair de casa ou está planejando alguma viagem bacana “O nome disso é mundo” é uma fonte muito necessária. Conteúdo massa sobre diversos lugares desse mundão e entrevistas de qualidade para quem tem um “pé atrás” sobre determinado lugar.

  1. Tá na mesa

Sou suspeita por sugerir esse Podcast. Afinal, quem me conhece sabe que eu não abro mão do bom e velho programa de culinária e ter esse banquete nas horas que não posso parar e assistir é maravilhoso. Tem de tudo, bate-papo sobre chefes, comida de verdade, culinária e dinheiro. Só ouvir que tá na mesa.

  1. Camila Porto 

Na verdade eu acompanho o trabalho da Camila Porto faz um tempo.  Com ela tenho aprendido e muito a descobrir o potencial da internet e do marketing e como aplicar no minha rotina. Além dos cursos, sites, redes sociais, e-books, a Camila também tem o Podcast no Spotify, são conteúdos rápidos e enriquecedores. Vale a pena!

  1. BRIO – Jornalismo para seus novos tempos

Por último e não menos importante, o Brio tem forte relação com a minha profissão e jornalista gosta de ouvir sobre a carreira. Geralmente escuto pelo Spotify, são histórias de profissionais de sucesso, casos marcantes do jornalismo e como não poderia faltar aquela essência do jornalismo.

Esse é o meu Top Five. Agora é sua vez de deixar nos comentários a sua sugestão de Podcast inesquecível. Estou esperando!

4 comentários em “O Podcast vai dominar o mundo. Você também acha?

  1. Amoo. E ouço quase sempre que limpo a casa, ando de ônibus ou me arrisco fazendo alguma arte. Digo quase sempre pq confesso que sou apaixonada por música então acabam competindo. Podcast foi a melhor coisa criada para acessarmos informações de forma muito prática. Além de alguns da sua lista ouço tbm toda terça-feira ” Tribo forte” fala sobre comida de verdade, saúde e estilo de vida baseado em ciência com evidências. Direto passo Melo ” Mamilos” duas jornalista com voz mto gostosas falando sobre temas polêmicos. As vezes tbm escuto “Poucas” temas variados com algum convidado especial famosinho (gostei de vários que já ouvi) de vez em quando tbm escuto “Meditação diária com Pe João Carlos” .. o Pe. faz reflexões de palavras do Evangelho. já escutei alguns de “Metanoia” fala sobre temas religiosos no geral, porém por se tratar de um Podcast feito por cristãos evangélicos eu tenho algumas reservas, mas são discutidos de forma muito interessante e inteligente. Já ouvi tbm “Santa Zuera” um grupo de meninos católicos falando sobre doutrina e dogmas da igreja, de forma descontraída, legalzinho até, mas me irrito um pouco com a risaiada deles kkk e parei.. fica então algumas dicas minhas!!!

    Curtir

  2. Ahhh esqueci de falar do “esquisofrenoides” que escutei para entender um pouco do sentimento de pessoas com depressão, bipolaridade, síndrome do pânico para ajudá-las de alguma forma, entendendo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s