Livros

Você precisa ler esse livro

Preciso confessar que esse livro foi um daqueles que me conquistou pela capa. Primeiro como resistir a esse título: As coisas que você só vê quando desacelera. Impossível não acha?

Ai vem essa capa fofinha, toda azul com uns desenhos delicados e a bela junção do subtítulo “como manter a calma em um mundo frenético”. Só posso dizer que o autor Haemin Sunim arrasou!

Pronto, leitura iniciada e de tão leve não demorou a chegar ao fim. São apenas 253 páginas divididas entre desenhos, introdução para os diferentes temas abordados e várias, várias frases de ensinamento.

O autor, um monge zen-budista retrata questões que precisam urgentemente circular no meio das pessoas como a falta de atenção, espiritualidade, descanso e a nossa face original.

E digo mais, aqui não tem nada ver com a nossa crença, até porque quem me conhece sabe qual a fé que proclamo, mas isso fica para um próximo post. A questão principal é que o livro caiu na minha mão e não foi em um contexto de surto e confusão mental.

Ao contrário, ele apareceu em uma faze de transformação interna e externa e, por incrível que pareça de calmaria também.

Isso me fez ter certeza que independente do momento em que vivemos, precisamos desacelerar para ver o tanto de coisa que acontece nesse mundão de meu Deus. Aliás, a vida mesmo em certo momento dá aquele grito pedindo pausa.

Por aqui já rolou, e aí?

A leitura é muito fácil, as introduções nos faz observar melhor cada cantinho da nossa vida e uma das partes mais bacanas são as frases de ensinamento divididas por categorias. Até separei algumas para você ver qual se encaixa no momento em que você esta vivendo.

Vamos lá!

“Quando tudo ao meu redor está indo rápido demais, eu paro e me pergunto: O mundo é agitado ou será que é a minha mente?”

“Quando você  ataca alguém, com frequência é porque está com medo”

“Escolha a felicidade, não o sucesso, como sua meta de vida. Se você for bem-sucedido e infeliz, qual será o sentido?”

“O amor é caloroso e libertador. É inocente, como uma criança sem segundas intenções”

“Quando você se concentra, até a lista telefônica pode ser interessante. Se você está entediado, talvez não esteja se concentrando”

A verdade é que esse livro me ensinou que com a cabeça cheia meu corpo não vai muito longe e como o próprio autor diz “desacelere, mesmo que por um momento, pois apenas quando desaceleramos é que vemos tudo com clareza”.

Já dei bons motivos para você iniciar a leitura. É fácil encontrar o livro na internet e nas livrarias da cidade. Vai lá e depois volta para me contar o que achou. Espero seu comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s